A Moda  
 

É o valor amostral que tem a maior frequência, ou seja, é o valor encontrado num maior número de vezes, portanto, é a observação mais "provável" da distribuição dos dados. É representado pela notação Mo.

É importante salientar que se existe apenas uma moda numa amostra, há apenas um grupo de indivíduos com suas variações, ou seja, a amostra é homogénea.

Mas, se houver 2 ou mais modas, há grupos diferentes dentro da amostra. Diz-se, então, que a amostra é heterogénea.

 

Métodos para calcular a moda

Simples inspecção
Verifica-se qual é  a classe que tem a maior frequência.
Se os dados estão agrupados a moda é o ponto médio da classe que tem a maior frequência.
Uma amostra pode ter uma moda ou mais.

Processo gráfico
Usa-se o histograma criado pelos dados, traçando-se dois segmentos de recta entre o vértice esquerdo da maior coluna e o vértice direito da coluna seguinte e entre o vértice direito da maior coluna e o vértice esquerdo da coluna anterior. No ponto onde as rectas se cruzam traça-se uma perpendicular à abcissa e o valor encontrado na escala dos X é a moda.

 

 

Anterior HOME